Arquivo de 'Os Pinot Noir da Nova Zelândia' Category

May
24

Os vinhos da semana 05/11



 

Provei vários vinhos esta semana passada, novos e velhos, simples e sofisticados baratos e caros. Fiz então esta seleção que mereceu nossa atenção para serem  conferidos pelos nossos leitores amigos.

 

Edizione Cinque Autoctoni – Abruzzo/Puglia – Farnese – Italia

 

Há cerca de um mês (22-04) comentei sobre um Montepulciano d’Abruzzo, este vindo de uma região próxima, mas com a curiosidade de ser produzido com cinco uvas autoctonas das visinhas  regiões de Abruzzo e Puglia, a produtora Farnese Vini, aproveitando de seus melhores vinhedos do local produz este vinho que, pelas rigidas leis de “Origem Controlada” italiana – não podem receber um título de nenhuma das duas regiões, é um simples vinho de mesa como classificação, pois os controles rígidos não permitem misturas de uvas de diferentes regiões, mas também não podem proibir que se produza um vinho curioso, bem estruturado, denso e gostoso como este. A Vini Farnese possui vinhedos em duas regiões. Possibilitando a extração do melhor de cada uva combinada aos diferentes terroirs. As uvas são: Montepulciano d’Abruzzo 33%, Primitivo 30%, Sangiovese 25%, Negroamaro 7% e Malvasia Nera 5 %, são uvas que juntas harmonizaram bem em um agradável vinho. Engarrafado em pesada e negra garrafa.

Aconselho prová-lo quem gosta de vinhos diferentes, robustos e estruturados, alcoólico (14%) bem disfarçados. 

Tem cor escura.

Aromas de frutas maduras sem o exagerado enjoativo, que pessoalmente sempre critico.

Na boca é bom, frutado, macio,  estruturado e compacto, longo e persistente.

Detalhe curioso é que o restinho na garrafa na geladeira, aguentou sem grandes danos, vários dias, raridade na minha experiência.

 

É um Escopeta diferente.

 

Importado pela www.worldwine.com.br  

World Wine: Loja no Centro, na Padre João Manuel, várias no  interior.

 Rua da Alfândega, 182 – Brás Tel. 11 3383-7477

Comercializado na BR Bebidas – para os leitores do www.zedovinho.com.br a R$ 135. Na rua Leopoldo Couto de Magalhães, 622 – Itaim Bibi – São Paulo – CEP 04542-010      Tel  011 3071-0777 , email: contato@brbebidas.com.br –  www.brbebidas.com.br  

 

Meerlust 2003 Pinot Noir Stellenbosch – África do Sul

 

Stellenbosch  é uma cidadinha charmosa e toda uma região costeira, muito próxima da Cidade do Cabo, talvez possa ser chamada a capital do vinho na África do Sul, com clima fresco em vinhedos nas bases de colinas e montanhas, com um solo variado muito adequado para a produção de vinhos.

Somente 0,5% dos vinhedos da África do Sul são de uvas Pinot Noir, poderíamos dizer não é a uva forte do país. Este é um dos bons e famoso lá.

Sua cor era rubi não muito claro.

Aromas delicado, elegante, levemente frutado, com as frutas vermelhas.

Na boca estava macio, delicado e bom, mas não muito característico dos pinots, com bom corpo, fruta um pouco embaçada e pouco complexo. Talvez este do ano de 2003 já esteja perdendo seu frescor, pois os críticos de lá dizem que aguentam bem até pouco mais de 10 anos.

É um Espadilha.

Importado pela www.paralelo35.com Alameda dos Anapurus, 1912 – Moema
11-5093-0619 São Paulo.

Comercializado na BR Bebidas – para os leitores do www.zedovinho.com.br a R$ 170. Na rua Leopoldo Couto de Magalhães, 622 – Itaim Bibi – São Paulo – CEP 04542-010      Tel  011 3071-0777 , email: contato@brbebidas.com.br –  www.brbebidas.com.br  

 

Hunter’s Pinot Noir 2008 – Marlborough – Nova Zelândia

 

 A Nova Zelândia, situada mais ao sul da Austrália é mais fresca que ela, pois é toda influenciada pelo oceano. A ilha do norte é mais quente, produzindo vinhos tintos, perto de Auckland e na Hawke’s Bay. Na ilha do sul mais fresca concentra sua produção de brancos, em Marlborough, com os famosos Sauvignon Blanc. A uva Pinot Noir se dá muito bem com climas mais frios e esta ilha do sul produz encantadores vinhos com esta uva, com grande variedade de características, na parte central desta ilha, estão as mais lindas paisagens de vinhedos do mundo, a chamada Central Otago.

Este Pinot tinha cor rubi bastante claro.

Seus aromas frutados, delicados, agradáveis, leve cerejas, um pouco fechado.

Na boca, muito bom, vinoso, frutado intenso, corpo delicado, leve, mas longo na boca.

 

Um Escopeta

 

Importado pela Premium www.premiumwines.com.br

Rua Palmira 423, loja 9, Serra, Belo Horizonte, tel. 31 – 3282-1588.

Comercializado na BR Bebidas – para os leitores do www.zedovinho.com.br a R$ 110. Na rua Leopoldo Couto de Magalhães, 622 – Itaim Bibi – São Paulo – CEP 04542-010      Tel  011 3071-0777 , email: contato@brbebidas.com.br –  www.brbebidas.com.br  

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

Jun
22

Os Pinot Noir da Nova Zelândia



 

 

Como fazemos mensalmente num grupo criado pelo amigo Amarante há mais de vinte cinco anos, este foi o tema do dia. Escolhemos democraticamente os temas na degustação anterior à do mês, e todos participantes levam uma garrafa. Os temas são muito variados, desde uma determinada uva, ou região, ou safra , até a liberdade total de ser somente tinto ou branco “bão”.

No final da festa, o consumo da noite é bem adequado, uma garrafa por pessoa. Como somos do ramo, todos já aprenderam a gerenciar esse consumo durante o jantar que geralmente acontece num restaurante também pré-determinado geralmente simpático e bom; estes últimos têm sido produzidos pelo chefe Alencar , do Santo Colomba, com boa comida e simpatia imbatível.

Vocês nossos amigos e leitores podem copiar a receita das reuniões, tem dado certo por mais de um quarto de século!!! Mas, há uma exigência, um confrade precisa cuidar da organização e ser tão exigente e anotador de tudo o que acontece quanto o Amarante tem sido. Não afrouxar com os horários.

Todos levamos o vinho enrolado em papel alumínio para facilitar o segredo do anonimato e o da degustação às cegas. Feito isso é só beber, dar as notas das classificações 0 a 100 pontos, antes do jantar ser servido.Fazemos  anotações numa xerox fornecida pelo organizador, depois das notas dadas, consumimos o restante dos vinhos com o jantar, alla carte.

Nesta última reunião éramos 8 confrades.

Como somente na próxima reunião receberemos um resumo das notas de todos participantes, direi como foram as minhas. Lá também pontuo de 0 a 100.

Segue uma lista que vai numa sequência do melhor para o menos bom, visto que, como sempre, os Pinot Noir da Nova Zelândia tem sido invariavelmente um tema que só tem bons candidatos, sempre um sucesso. Não bebi nunca com este tema que não fosse bem agradável, mesmo os vinhos mais baratos. Penso que seja um dos temas mais regulares e bons das minhas beberricações (está no dicionário).

 

1 – Felton Road Block 5 Central Otago 2008  

Aroma: agradável, intenso, frutado com cereja leve.

Boca: Frutado, bom, delicado, elegante, leve de corpo.

É um Escopeta

Importado pela Mistral www.mistral.com.br , Rua Rocha 288, São Paulo , Tel. 011 3372-3400 . Preço US$149,50    

 

Os números 2 – 3 – 4  com a mesma nota.

2 e 3 – Rippon Central Otago 2006   (do mesmo vinho trouxeram 2 garrafas iguais)

Aroma: Bom, pouco frutado, um pouco fechado, leve delicado, elegante e maduro.

Boca: bom, macio, elegante, com características da Borgonha.

Importado pela Premium www.premiumwines.com.br , rua Palmira 423, loja 9, Serra, Belo Horizonte, tel. 31 – 3282-1588. Preço R$ 225

 

4 – Felton Road Central Otago 2008 – Central Otago

Aroma: frutado agradável, fechado, pouca intensidade, mas persistente.

Boca: bom, macio, equilibrado, gostoso de se consumir.

Importado pela Mistral www.mistral.com.br , Rua Rocha 288, São Paulo , Tel. 011 3372-3400 . Preço US$ 109,50

 

2 – 3 – 4 – Escopetas

 

5  – Martinborough Vineyard Pinot Noir 2003 – Wairarapa  

Aroma: Agradavel, fruta madura, intenso.

Boca: Bom, delicado, equilibrado e longo.

Importado pela Mistral www.mistral.com.br , Rua Rocha 288, São Paulo , Tel. 011 3372-3400 . Preço ao safra 2007 US$ 149,90

 

Escopeta

 

5 – 6 – 7 mesmas notas

 

5 – Isabel Pinot Noir 2005 – Marlborough – Isabel Estate

Aroma: leve, agradável, com frutas e leve herbáceo.

Boca: leve, delicado, frutado com pouca complexidade.

Importado pela Mistral www.mistral.com.br , Rua Rocha 288, São Paulo , Tel. 011 3372-3400 . Preço US$ 73,90

 

6 – Pencarrow Pinot Noir 2008 – Martinborough – Pallisser

Aroma: frutado, elegante, leve e pouco complexo.

Boca: Agradável, elegante, macio, gostoso.

 Importado pela Premium www.premiumwines.com.br , rua Palmira 423, loja 9, Serra, Belo Horizonte, tel. 31 – 3282-1588. Preço 90

 

7 – Shingle Peak Pinot Noir 2006 – Marlborough – Matua Valley

Aroma: fechado com frutas e pouca complexidade.

Boca: bom, delicado, equilibrado e longo.

Importado por   www.vinhosdomundo.com.br  Importadora Vinhos do Mundo Ltda – Avenida Carlos Barbosa, 425 – Azenha – Porto Alegre/RS – Cep: 90.880-001
Telefone: (51) 3012.8090.

Em São Paulo: www.invinovita.com.br

Tel 11- 5522-3390 Preço R$ 97,50

Gerente Regional Marcelo Giffoni 11- 3726.5098 – (11) 9491.1077

 

 5 – 6 – 7  são Espadilhas

 

Na BR Bebidas – com bons preços, frequentemente abaixo do das importadoras, para os leitores www.zedovinho.com.br ,  www.brbebidas.com.br , rua Leopoldo Couto de Magalhães, 622 – Itaim Bibi – São Paulo – CEP 04542-010     

Tel (011) 3071-0777        

 

Theme Distributed by Rock Kitty and Wordpress Themes