Arquivo de 'Vega Sicilia 82 – Serras del Priorat 2008' Category

Nov
29

NOVOS E VELHOS VINHOS NA CONFRARIA



 

As boas surpresas da nossa confraria das sextas-feiras são as variedades das propostas; cada um leva um vinho de seu prazer e de seu interesse naquele momento, com isso provamos as mais variadas combinações de grandes vinhos, maduros, jovens, caros, simples, é sempre interessantes as surpresas cada capítulo, estamos sempre prontos para o que der e vier, e felizes…

Nesta última pudemos provar importantes Bordeaux desde 1978 a 1998, e como comentários básico diria que eles são na verdade os grandes representantes desta encantadora bebida. O mais velho com 32 anos, perfeito, com a evolução delicada e brilhante, tudo o que um velho bebedor de vinhos gosta de encontrar.

Hoje é mais um comentário que realmente uma recomendação de compra, são velhos vinhos, que no mercado europeu e americano existe e não são tão caros, mas no Brasil quase impossíveis de se encontrar.

Boyd Cantenac 1978  – Margaux – Bordeaux

Uma safra muito boa, cor rubi claro, quase sem amadurecimento nas bordas, surpreendente cor com essa idade.

Aromas muito agradáveis, delicado, frutas secas com ervas, boa intensidade.

No sabor: leve, delicado, seu corpo leve, mas fino, elegante, com frutas secas, equilibrado, longo na boca, taninos muito macios ainda presentes, só um grande vinho evolui assim.

Foi cuidadosamente  guardado, pois esta garrafa estava comigo há cerca de trinta anos, mas não rigorosamente adegado com os rigores da lei. ( Por vezes,  a climatização quebrou, no início era com aparelhos de ar condicionado, nem sempre o conserto foi imediato, chegou a passar meses com a temperatura natural, claro bem protegido da luz e de fontes de calor agressivas) tudo para dizer que os vinhos dessas raças são bastantes resistentes .

Pode ser considerado um vinho barato, o da safra atual custa  fora do Brasil cerca de US$ 30. É o preço de um sul americano relativamente simples, claro que não teria esta qualidade e não duraria tanto. Precisa-se de tempo, paciência e amor  com os vinhos.

Um ZAP, com paciência.

Leoville Poy Ferré 1982 – Saint Julien – Bordeaux

A safra é famosíssima, mas para este vinho, a de 1985 é mais consistente e famosa, rubi escuro.

Aroma: Estava com média intensidade, com pouca fruta, um pouco fechado.

Nos sabores nos sabores era leve, delicado, fino, mas com pouca complexidade.

 

Lafite Rothschild 1998 – Pauillac – Bordeaux

Muito boa safra, com cor rubi escuro.

Aromas com boa fruta, madeira leve, herbáceo, com azeitonas, intenso.

Na boca pode-se dizer jovem por um conjunto de impressões, mas com taninos macios leves e presentes, mas muito bom, delicado, elegante, corpo marcante, equilibrado, a estrutura segura todo o vinho. Deve amadurecer brilhantemente em mais uma década de anos.

 

É um ZAP caro, porque todos o querem.

 

Veja Sicilia Unico 1982 – Ribeira Del Duero – Espanha

Beber um vinho desta marca com 28 anos pode-se afirmar que seja o fim da linha para um bom bebedor, referindo-se às qualidades dos vinhos do mundo. Para os de Bordeaux, a safra de 1982 foi histórica, para a Espanha nem tanto, mas não existe Vegas Sicílias ruins. Todas suas safras são cuidadosamente estudadas e amadurecidas no mínimo 10 anos em barricas, para depois serem engarrafadas. São preciosidades liquidas. (Ver mais no post de 28 de agosto )

Estava rubi, com pouco de borda aceboladas, ainda não marrons.

Aromas intensos, muito bons, delicado, característicos dos espanhóis barricados, frutado e com carvalhos americanos e franceses muito bem dosados.

Na boca é muito bom, delicado, macio, mas com robustez, é fino, elegante, estruturado, com frutas e madeiras perfeitas, muito longo na boca.

 

É um ZAP caro, sem erros.

 

Serras Del Priorat 2008 – Clos Figueras – Priorato – Espanha

Um vinho com novas vinhas de Garnacha, Marzuelo e Cabernet Sauvignon de cor rubi escuro. Dentro da coleção bebida, era um representante de vinho bastante imaturo e jovem.

Aromas intensos, com frutas maduras, mas não enjoativas e avermutadas como costumam ser o das uvas super maduras, característica daquela zona quente e arida. Estava limpo e longo.

Na boca é delicado, agradável, fruta boa, jovem, pouca complexidade, mas que com certeza vão evoluir.

 

Um ESPADILHA evoluindo.

 

Importado pela Mistral www.mistral.com.br , Rua Rocha 288, São Paulo .Tel. 011 3372-3400 begin_of_the_skype_highlighting              011 3372-3400  Preço 60 a 70 US dólares.   

 

  

 

 


 

 

 

 

 

Theme Distributed by Rock Kitty and Wordpress Themes