Arquivo de 'Quinta da Bacalhôa – ainda sobre o envelhecimento dos vinhos' Category

Mar
23

Quinta da Bacalhôa – ainda sobre o envelhecimento dos vinhos



 

Participei ontem de uma agradável, curiosa, informativa e técnica degustação vertical deste vinho português, o Quinta da Bacalhôa.

Importados pela Portus Cale do simpático amigo  Manoel Garcia.

No post de 12 de Setembro passado escrevi: “O Palácio da Quinta da Bacalhoa, em Vila Fresca de Azeitão, é o monumento mais notável de Azeitão e, na opinião dos maiores especialistas, um dos protótipos da arquitectura portuguesa.

Segundo Joaquim Rasteiro, “(…) “o Palácio e a quinta formam só por si um monumento artístico da  mais  alta significação em Portugal”. Aquele sobrenome é menos honroso e a designação da quinta deriva, simplesmente, do facto de aquele ramo da família haver sido negociante de bacalhau, na Casa dos Bicos, em Lisboa, que pertencia à família Albuquerque.”

O Grupo Bacalhôa dispõe atualmente de adegas nas regiões mais importantes de Portugal: Alentejo, Península de Setúbal (Azeitão), Lisboa, Bairrada, Dão e Douro. 

Nossa degustação foi muito simpática e técnica porque esteve presente a enóloga da casa desde a primeira safra a Sra. Filipa Tomaz Costa, que nos contou todos os detalhes técnicos do vinho desde seu nascimento.

 

A composição deste vinho foi uma inovação nos vinhos portugueses, pois incluíam pela primeira vez a receitinha francesa bordalesa, Cabernet Sauvignon 90%  e Merlot 10%; a primeira safra foi a de 1979, e na nossa degustação provamos 12 safras começando pela de 1980 até 2008. Não farei muitos comentários para esperar primeiro a publicação dos resultados que devem sair brevemente na Revista Gosto.

Direi somente que foi marcante a diferença entre os vinhos; praticamente de mesma composição em todos os anos, em que se percebeu nitidamente o bom e necessário amadurecimento em barricas e garrafas, neste caso, por pelo menos 13 anos, tornando-os finos elegantes ricos e macios, querendo dizer, até a safra de 1997 estavam excelentes e maduros, já os mais jovens embora potentes, ainda duros na boca.  

 www.portuscale.com.br  –  avenida Dr. Arnaldo 1714, tel 011 – 3675 5199

 

Theme Distributed by Rock Kitty and Wordpress Themes