Arquivo de 'A CONFRARIA NO HARMONIA' Category

Mar
5

A CONFRARIA NO HARMONIA



Confraria 

Foi com entusiasmo e alegria que ontem fizemos uma reunião que se poderia chamar de iniciação de uma nova Confraria de vinhos. Somos todos amigos, a maioria tenista, todos de quinta categoria, mas que pensam, agem  e desejam ser históricos jogadores, lá no clube é assim… na Sociedade Harmonia de Tênis.

Gente! Valeu a idéia! 

Mesmo  sofríveis tenistas, são ótimos amigos; inteligentes, e principalmente, pessoas sensíveis às  grandes variáveis deste científico e artístico mundo do vinho. 

Aos leitores nossos uma mensagem de entusiasmo; criem suas confrarias, juntem amigos, sócios ou parceiros de trabalho e curtam sociedades como esta – confrarias de vinhos – elas aproximam as pessoas e criam laços duráveis de amizade. Tenho experiência nisso, pois  participo de uma meia dúzia delas, há mais de trinta anos! 

Éramos 17 à mesa e provamos três vinhos; o laço de ligação entre eles é que eram todos com as uvas ligadas à  região das Côtes du Rhône:

um branco Esporão Private Reserva 2008 (que tem uvas Semillon que não é do Rhône, as outras sim Roussanne e Marsanne).

Dois tintos que representaram muito bem as características fundamentais dos vinhos das Côtes Du Rhône: um representando o norte da região, um Saint Joseph Deschantes 2005 – uva Syrah e outro representando o Sul, um Gigondas 2005 – uvas Grenache, Cinsault e Mourvèdre -do mesmo produtor, o M. Chapoutier .

Esta comparação foi ótima, pois pudemos comparar diferentes vinhos, da mesma safra e mesmo produtor,  tendo assim, didaticamente, só as variáveis, uvas de próximas localizações.

 O vinho da Syrah confirmou ser mais leve e delicado e o da Grenache mais robusto, maduro e compotado.

 

Leia abaixo as descrições dos vinhos e o no caso do Esporão veja o post do dia 18 de Fevereiro.

Theme Distributed by Rock Kitty and Wordpress Themes